Abrates: o que é e por que devo me associar?

Já faz algum tempo tenho vontade publicar um post sobre a Abrates, mas não tinha informação suficiente para explicar para vocês o que é, e por que devemos nos associar. Mas, aproveitei o Congresso da Abrates (em breve farei um post sobre o Congresso 2015) para conversar com a Daniela Liberal (Gerente Administrativa da associação), e ela me passou as informações para que eu pudesse divulgar para vocês.
Então, vamos lá!
A Abrates, Associação Brasileira de Tradutores e Intérpretes, uma entidade que congrega profissionais e instituições que operam na área de tradução e/ou da interpretação em todas as suas modalidades, com ênfase no idioma nacional (Art. 1º do Estatuto Social).
O que faz a Abrates?
  • Realiza cursos, oficinas e formações (gratuitas e pagas);
  • Conduz campanhas e ações em defesa dos direitos dos profissionais de tradução/interpretação;
  • Oferece benefícios aos seus associados;
  • Divulga oportunidades de trabalho;
  • Organiza encontros e eventos como o Congresso Anual da Abrates;
  • Realiza prova de credenciamento bienal;
  • Garante a presença da profissão na mídia.
Finalidades: (Art. 2 do Estatuto Social)
  • Apoiar os profissionais da tradução e/ou interpretação, através de atividades informativas, culturais e sociais;
  • Promover o intercâmbio com entidades e instituições do país e do exterior, visando a divulgação de inovações tecnológicas, de concursos e outras oportunidades profissionais no campo da tradução e/ou interpretação;
  • Promover e/ou apoiar a realização de cursos, congressos e simpósios em sua área de atuação;
  • Promover outras atividades culturais e sociais que proporcionem a seus associados oportunidades de contato e integração.
Principais atividades realizadas pela Associação:
  • Congressos
  • Reuniões
  • Credenciamento
  • Cursos presenciais e online
  • Convênios
  • Seguros
Pré-requisito para se associar: Ser Tradutor/Intérprete
 
Tipos de Associados:
  1. Estudantes
  2. Tradutores & Intérpretes (Juramentados, Assalariados, Autônomos)
  3. Empresas de Tradução
  4. Sênior – Maiores de 65 anos
  5. Isento – Maiores de 70 anos
  6. Portadores de deficiência
E agora, a parte mais interessante e a que eu sempre quis saber antes de me associar, afinal, queria saber exatamente quais são os benefícios que os associados têm, para saber se realmente valeria a pena ou não me associar.Detalhe: algumas pessoas comentaram que já foram procuradas por clientes porque os mesmos encontraram o nome delas no site da Abrates.


Principais benefícios para os Associados: (informações disponíveis no site da Abrates)

  • Fazer parte de uma Associação atuante;
  • Desconto nas inscrições para congressos e eventos, presenciais e online, promovidos pela ABRATES (em parceria com o Multitude);
  • 25% de desconto com a Econectar para desenvolvimento de site ou e-commerce;
  • Seguro de Vida + Auxílio Funeral grátis (incluso na anuidade) com a Seguradora Kampar;
  • Até 20% de desconto em Seguro de Automóveis com a Seguradora Kampar;
  • 20% de desconto em livros da Editora Outras Letras;
  • 15% de desconto para hospedagem no Hotel Alpha Ville Chalés em Lima Duarte/MG;
  • Vantagens na concessão de aparelhos auditivos no Centro Auditivo Teuto;
  • Seguro do erro;
  • Direito a um cadastro completo no site da Abrates, ferramenta para captar clientes em potencial;
  • Representação nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste para canalizar demandas e sugestões dos associados residentes nestas regiões, encaminhando-os à diretoria atual. Representantes regionais também realizam encontros, cursos e palestras nas respectivas regiões (eventos geralmente abertos a associados e não associados, mas sempre com preço especial para associados);
  • Programa de credenciamento de tradutores, com provas em computador.
  • A Abrates faz parte do CONATI (Comitê Nacional de Tradutores e Intérpretes) e participa ativamente de lutas e interesse da classe, como a busca pela redução da carga tributária atualmente cobrada dos tradutores/intérpretes enquadrados no regime Simples de tributação, de cerca de 17% para 4,5%.
No Congresso deste ano (2015) foi informado que a Abrates conseguiu uma parceria com o PayPal e os associados que tinham uma taxa de 6% a 7% passam a ter uma taxa de 4,99% + R$0,60.
Benefícios em estudo de viabilidade para os Associados:
  • Plano de saúde (esse me interessa muito!!! Não aguento mais pagar plano de saúde!!! Então, pessoal, vamos lutar pra conseguir!!! Quanto mais interessados, mais rápido conseguiremos!!!)
  • Plano odontológico
  • DIT – Diária de incapacidade temporária;
  • Previdência privada.

Se você gostou, se interessou e quer se associar, veja abaixo os documentos necessários!

Documentos para filiação de Pessoa Física:
  • Proposta de adesão preenchida (disponível no site)
  • Cópia do RG e CPF (digital)
  • Comprovante de Formação (ex: diploma de Curso de Tradução) ou
  • Comprovante de matrícula em curso de tradução (para estudantes)
  • Laudo médico para portadores de deficiência
Valores e Formas de Pagamento:
  • Estudantes – até 4 x R$40,00
  • Tradutores & Intérpretes – até 4 x 80,00*
  • Empresas de Tradução – até 4 x R$160,00
  • Sênior – até 4 x R$40,00
*E para a alegria de quem participou no VI Congresso Internacional da Abrates e quiser se associar, terá direito a 50% de desconto na anuidade, até o dia 30/06/2015 (ou seja, investirá apenas R$160,00)!!! O pagamento deverá ser feito à vista, por meio de depósito bancário direto na conta da ABRATES até o dia 30/06/2015. Para se associar, acesse o site da Abrates e preencha o formulário de adesão. E quem se associou durante o congresso não precisa se preocupar, pois terá direito ao mesmo desconto na próxima anuidade! (Esta informação está disponível na fanpage da Abrates.)É claro que eu vou me associar, e você?!

Como começar minha carreira como tradutor?

Colegas Tradutores Iniciantes,
Pelo que tenho visto no meu dia a dia e lido em vários blogs e sites, além de alguns conselhos sobre como começar a carreira de tradutor (comecei a pesquisar sobre isso algum tempo depois de já estar trabalhando como tradutora profissional), destaquei alguns pontos que são importantes:
PESQUISAR – Leiam e pesquisem tudo o que puderem sobre tradução para ter a certeza se é isso que querem fazer. Conheço algumas pessoas que “se aventuraram” na área e acabaram desistindo por acharem que é uma carreia muito solitária. Pesquisem também os jargões utilizados na profissão para que não fiquem perdidos. Uma outra dica é ouvir o TradCast – o primeiro podcast brasileiro de tradução, pois há várias discussões sobre temas da área.
 
ESTUDAR – Pensar que basta ter um pouco de conhecimento sobre algum idioma pode o suficiente para ser tradutor é um erro tremendo! Para ser um tradutor profissional, é importante dominar tanto o idioma materno como o estrangeiro para que haja qualidade no trabalho.
CAT – é importante aprender a usar alguma CAT, pois muitas agências dão preferência ao tradutor que sabe utilizar algumas delas. Para conhecer e verificar como funciona, aconselho que façam o download de uma gratuita, como o Omega T. Dizem que o Wordfast tem uma versão gratuita, mas ainda não consegui encontrar.
CV – Outro detalhe importante é ter um bom currículo, e de preferencia voltado para a área que deseja trabalhar, que neste caso é a tradução. Neste post você pode encontrar um modelo de como criar o seu currículo.
PERFIL – Muitos tradutores começam a carreia como freelancer, e para isso, é preciso aparecer! Crie perfis em alguns sites como LinkeIn, ProZ, Empreendemia, Freela, Translators Café, GetNinjas, Tradutores, TRAG, Translation Directory e outros que não lembro agora, mas prometo que conforme for lembrando, postarei.Para finalizar esse post, quero lembrar a todos que apesar da tradução ser uma profissão não regulamentada, você não deve pensar nessa carreira apenas como um bico. Dedique-se a ela como a qualquer outra profissão. Se você for um bom tradutor, conseguirá bastantes clientes e terá que se organizar para conseguir entregar todos os trabalhos dentro do prazo. Se não levar a profissão a sério, os poucos clientes que conseguir, podem trocá-lo por outro profissional.