Tradutor Iniciante na Bienal do Livro Rio 2015

Esse ano a Bienal do Livro foi muito especial para mim por diversos motivos! O primeiro deles foi simplesmente pelo fato de poder entrar de graça. Isso mesmo! Como sou autora de um livro, o livro “Tradutor Iniciante: O que você precisa saber para começar sua carreira!“, pude entrar de graça!!! =D
Assim que chegamos fomos direto para o stand da Submarino, pois queríamos ver a entrevista com o Affonso Solano, autor do livro “O Espadachim de Carvão”, podcaster, youtuber e membro do grupo Matando Robôs Gigantes (MRG).
Para minha surpresa, no meio da entrevista Affonso comenta sobre a importância do revisor, pois este é a primeira pessoa que lê o que você escreveu de maneira crítica e que perceberá detalhes que você deixou passar, não apenas os erros ortográficos, mas também com relação ao sentido do texto.
Quando ouvi isso pensei: “Por que não estou gravando essa parte da entrevista???????” rs
Em alguns posts, e também no livro, comento sobre a importância do revisor. Esse profissional irá garantir ainda mais a qualidade final do seu trabalho. A função do revisor é tão importante quanto a do tradutor, por isso, sempre que você precisar contratar alguém para revisar seu trabalho, procure um profissional de confiança, e a partir daí crie parcerias com ele.
Ao terminar a entrevista, a entrevistadora abriu um espaço para perguntas, e é claro que eu aproveitei a oportunidade para saber se ele já tinha a ideia de traduzir os livros para outros idiomas.
Sabem quando eu digo que nós temos que aproveitar todas as oportunidades que aparecem? Essa apareceu para mim. Ele informou que não apenas tinha a ideia de traduzir, como disse que as traduções já começaram a ser feitas. E, é claro que se ainda não tivesse começado, ou se não tivesse pensado nessa possibilidade, eu iria oferecer meus serviços.
Sempre estou postando dicas para os iniciantes, mas dessa vez quis mostrar para vocês, na prática, como aproveito todas as chances que tenho de falar que sou tradutora. Quando fiz a pergunta, não apenas o Affonso soube que eu sou tradutora, mas também todos que estavam presentes no local. É em uma oportunidade dessa que você consegue um trabalho, uma parceria, uma indicação.

Não seja um tradutor 007 (aquele que ninguém sabe que você é tradutor). Conte para todos! Quanto mais gente souber, mais chance você tem de ser chamado para realizar um trabalho.” – Laila C. Rezende Compan

O vídeo já está disponível no canal do Tradutor Iniciante, no YouTube!!! Para ver, clique aqui!

Para fechar com chave de ouro, ainda ganhei o livro autografado!!!! =D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.