Como se organizar

Um detalhe importantíssimo é que devemos ser organizados. Como muitas vezes os prazos são extremamente apertados, é preciso saber onde localizar cada projeto para evitar a perda de tempo.
Cada profissional tem sua forma de organização. Alguns mantem suas pastas e arquivos na nuvem. Eu, particularmente, não gosto. Sou um pouco medrosa (rs). Como a maioria dos projetos que traduzo são confidenciais, fico temerosa que alguém consiga acessá-los, então tudo fica salvo no meu computador e em um HD externo o qual utilizo constantemente para fazer backup (vai que o computador acorda um dia sem querer funcionar…).
Vou deixar mais ou menos o modelo da minha forma de organização.
Crio uma pasta com o nome do cliente/agência de tradução. Dentro dessa pasta crio uma outra com o ano (2015). Dentro desta, crio uma com o mês (maio), e dentro desta, crio outras com os dias que recebo os projetos. Dentro da pasta com os dias, crio uma nova pasta com o número/nome dos projetos e dentro dessas pastas eu guardo o projeto original e o projeto traduzido. Veja a foto abaixo para entender melhor:
Desse jeito fica fácil localizar algum projeto antigo caso precise voltar nele e fazer qualquer modificação.
Quem já trabalha utilizando algum software, lembre-se que também é importante organizar suas TMs (memórias de tradução), glossários, etc.
Lembrando que este é apenas um exemplo. Funciona para mim, mas você deve encontrar a melhor forma de se organizar.
Quanto mais organizado você for, mais rápido conseguirá localizar as informações que precisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.