Minha opinião sobre o curso de legendagem da Gemini

Se você gosta de legendagem e pretende fazer um curso para trabalhar com essa área, esse post vai te ajudar!
Algumas pessoas perguntam se eu fiz curso de legendagem. Sim, gente! Eu fiz o curso de legendagem da Gemini e recomendo!
Nesse post vou passar para vocês a minha opinião sobre o curso de legendagem, caso você ainda esteja em dúvida se deve ou não fazer.
Quando fiz minha inscrição neste curso eu ainda não era tradutora. Estava querendo começar a pós de tradução de espanhol, mas nunca abria turma, e na época eu ainda trabalhava no Banco. Decidi fazer o curso de legendagem porque era mais barato que a pós, a duração era menor (dois fins de semana) e já me ajudaria a saber se eu iria gostar/me adaptar à nova profissão que buscava.
O Curso Intensivo de Técnicas de Tradução para Legendagem oferecido pela Gemini teve a duração de dois fins de semana, ou seja, foram 4 dias inteiros de aula.
No primeiro dia, a aula começou com bastante teoria e alguns exercícios práticos (em português) para nos ajudar a entender como criar as legendas, aprendemos a usar o software de legendagem Subtitle Workshop (na época aprendemos a usar a versão 2.51). Este software é gratuito e você pode baixar a versão desejada clicando aqui.
O curso é muito voltado para a prática! Cada aluno recebe um material (apostila e CD) com toda a informação sobre como criar legendas, todas as regras que devem ser seguidas, passo a passo para configurar o Subtitle Workshop no seu computador.
As turmas são pequenas e há um computador para cada aluno. Na época que fiz o curso, apenas eu trabalhava com espanhol e todos os outros alunos eram tradutores de inglês. A professora Sabrina passou exercícios diferenciados para que eu pudesse praticar com o par de idiomas da minha especialidade.
Ah! A gente também tem que fazer dever de casa!!! É incrível como isso é importante, pois recebemos muita informação no primeiro dia e quando estamos em casa sozinhos para fazer as legendas acabamos esquecendo alguns detalhes que a professora vai corrigindo e orientando.
Outro ponto do curso que achei ótimo é o fato de que a professora também tira as dúvidas  e corrige os exercícios individualmente. Lembrando que o curso é voltado para a criação das legendas, e não para a tradução em si, porém a prática é feita com vídeos em língua estrangeira para colocarmos as legendas em português, sem a ajuda de roteiro, por isso é importante que você já tenha domínio dos dois idiomas.
O grande segredo da legendagem é a prática! Não adianta fazer um curso de legendagem e não praticar. Como falei, são muitos detalhes e você só lembra de todos se praticar bastante!
O valor que investi neste curso “retornou” pra mim no primeiro trabalho de legendagem que fiz (verti as legendas da minissérie Subúrbia!!!). =D
Tudo na vida tem seus prós e contras, mas não lembro de nada ruim/à melhorar no curso. Se tivesse que encontrar algo, diria que o local (aqui no Rio de Janeiro) é um pouco conta-mão, mas hoje em dia, com o BRT, o acesso não deve estar tão complicado.Se pudesse dar uma sugestão, diria para realizar o curso durante 4 fins de semana (ou 4 sábados, ou 4 domingos), pois como o curso dura o dia inteiro, fica cansativo chegar em casa no sábado e ligar o computador para praticar, sabendo que no dia seguinte será preciso acordar cedo para ir ao curso. Durante a semana, quando fazemos os exercícios surgem mil dúvidas (ou não surge nenhuma, mas aí pode ser porque você está fazendo algo errado) e corrigimos no sábado seguinte. Durante a semana seguinte é provável que ainda apareçam algumas dúvidas mais, mas aí as aulas já terminaram, e com quem entraremos em contato para que nos ajude? (Confesso que não lembro se a professora deixou seu contato. Fiz o curso há algum tempo e não lembro alguns detalhes como este para informar aqui no post.)

Se você deseja trabalhar com legendas, faça esse curso (ou outro). É um grande diferencial e dará uma ótima base para realizar um trabalho profissional e com técnicas que agilizam o seu trabalho.
Agora tenho vontade de fazer o módulo 2 deste curso (Prática Intensiva de Legendagem) para aprimorar meus conhecimentos. Assim que abrir turma aqui no Rio vocês podem ter certeza que estarei lá (e depois venho aqui contar como foi, tá?!)!!!!

10 Comentários para: “Minha opinião sobre o curso de legendagem da Gemini

  1. Anônimo

    Eu já não tive a mesma sorte. Fiz o curso em um final de semana, super corrido, a instrutora não dava atenção, super rápida, quando chamava dificilmente ela vinha me tirar dúvida, e sem falar que foi bem caro pelo que eu retorno que tive. E ela falava de um jeito sobre esse trabalho que, sabe desencorajava o aluno a tentar, sobre ganhos, valores, etc. Fiz o curso em SP. Não recomendaria, infelizmente. Eu sei que essa área tem prós e contras mas se você está no curso, na minha opinião não é para desencorajar, fala-se o que é legal, o que não é, mas não desestimula, né? no meu caso eu não vi retorno. Obrigada pela oportunidade de contar minha experiência.

    Responder
    1. Laila Rezende Compan

      Que pena, Anônimo!
      No Rio de Janeiro a aula foi ótima, realmente tentei buscar os prós e contras, mas foi tudo muito bom e não tenho do que me queixar.
      Quanto à forma de falar sobre a realidade do trabalho, de fato paga-se muito pouco e não creio que isso seja desencorajar o aluno, mas sim, mantê-lo ciente de como encontra-se o mercado. Afinal, é muito chato quando entramos no mercado totalmente iludidos e achando que vamos ganhar muito, e quando vemos a realidade… :/
      Lembro que a professora foi bem sincera comigo quando perguntei sobre a demanda, e ela informou que para o espanhol a demanda é menor (e realmente é!). Fico feliz de não ter escutado apenas as coisas que eu queria só porque estava pagando um curso (que não é barato).
      Mesmo assim, foi bom você compartilhar sua opinião conosco! E sem querer você me deu uma ideia para escrever outro post! Obrigada!!! 😉

      Responder
  2. Anônimo

    Concordo com o fato de abrir os olhos para a realidade, mas sabe, do jeito que ela se expressou parecia que nós estávamos lá para eles faturarem, e não para nos prepararmos para uma nova forma de trabalhar com tradução. Eu sei lá, fiquei com essa impressão. Mas desejo de todo coração quem seguir nessa área, que se dê muito bem, que cresça e que colha excelentes frutos! Abraços a todos!!

    Responder
    1. Laila Rezende Compan

      Marcela, ao terminar o curso indico que continue treinando (legendando vídeos que você gosta) e comece a enviar e-mails para possíveis agências/clientes, para conseguir seus primeiros trabalhos (eu fiz exatamente isso).
      Adorei sua pergunta e vou aproveitar para pensar em outras dicas e fazer um post sobre o assunto.
      Bjs

      Responder
  3. adri

    Olá, Laiza!
    Eu também fiz o curso da Gemini, foi no começo do ano, só que em São Paulo. Por eu não ser de lá, tive que fazer aquele módulo iniciante de 1 final de semana só. Adoraria realizar esse de 4 dias, pois gosto muito da área de tradução para legendagem! Desde o curso, venho tentando entrar em contato com empresas, porém tá sendo difícil conseguir um "bico" haha No curso, nos foi passado um contato, e foi o único com quem consegui trocar mensagens, mas nunca rolou nenhum trabalho.
    Bem, estou ainda na luta, tento legendar alguns vídeos pra manter a prática, o jeito é não desistir mesmo!
    Abraço.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.