Dicas sobre currículo

Outro dia recebi uma mensagem de um colega com algumas dúvidas sobre currículo, e como imaginei que a dúvida dele poderia ser a dúvida de muitos, estou compartilhando aqui.

“Pra iniciante geralmente falta muita coisa pra conquistar uma vaga de freela. Como saber que seu CV está bom? Começar a queimá-los enviando mesmo não sabendo se está certo? Que dicas você dá?”

Confesso que na hora que li a pergunta precisei parar um pouco para pensar, mas logo percebi que essas dúvida bate não apenas nos iniciantes. Vira e mexe me pego analisando meu currículo e pensando se está bom o suficiente para enviar para uma ou outra empresa.
Se você ainda não tem experiência com tradução, é interessante dar uma olhada no post “10 dicas de como montar um currículo impressionante“. Lá você vai ter uma ideia de como montar o seu currículo, quais informações deve e não deve colocar nele.
Mas, voltando à pergunta inicial, na minha opinião, meu currículo nunca está bom! Sempre quero melhorar! Vira e mexe faço alterações, adiciono cursos que fiz ou estou fazendo, incluo novas experiências de trabalho, etc.
Mesmo que você ainda não tenha experiência para informar no seu currículo, não tem problema. Um dia eu também não tive e, no entanto, utilizei o mesmo modelo que disponibilizei aqui no blog e deu certo. E tem dado certo até hoje!
Acredito também que o maior segredo não é sair disparando currículo para todos os lados, para todas as agências. É preciso analisar e verificar se determinada agência trabalha com áreas de conhecimentos que você domina.
Por exemplo, eu sou péssima com textos da área médica. Mal consigo entender uma bula de remédio. Ou, detesto ler contratos e o vocabulário jurídico não faz o menor sentido pra mim. Se envio meu currículo para agências que trabalham principalmente com esse tipo de assuntos, aí sim vou me queimar, porque quando receber um teste, ou quando receber o primeiro trabalho, não vou conseguir fazer uma boa tradução, uma vez que não entendo o que está sendo informado, por mais que tenha domínio dos dois idiomas!
Resumindo:
1) Visite o site da empresa antes de enviar seu currículo. Verifique quais são os clientes que ela atende e as principais áreas com as quais trabalham.
2) Reveja seu currículo constantemente e faça alterações sempre que necessário.
E lembre-se: a insegurança é algo normal, mas não permita que ela te paralise!

Um Comentário para: “Dicas sobre currículo

  1. Rosane Augusto

    As dicas ao final do artigo (dicas 1 e 2) são importantes em qualquer ramo! Conhecer a(s) empresa(s) para quais queres trabalhar e sempre atualizar o CV são os primeiros passos para conseguir mais negócios ou bons empregos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.