Faça uma boa revisão ao terminar o trabalho!

Para garantir a qualidade do seu trabalho, é preciso lembrar de alguns detalhes, como já comentados nos posts “Como gerar um trabalho de qualidade” e “10 coisas que todo tradutor deve saber!“. Neste post, porém, quero falar mais sobre a questão da revisão.
Sempre (não importa a situação ou para quem é o trabalho), SEMPRE revise o texto que acabou de traduzir. SEMPRE!!! Por mais que seu prazo seja curto, revise!
Assim que terminar a tradução, é importantíssimo reler o trabalho não somente para verificar se há erros ortográficos, mas para saber se o texto final está bem escrito, ou se é possível encontrar alguns sotaques, ou seja, traduções muito literais com formas não usuais no idioma de chegada, e que acabarão não fazendo sentido para o leitor.
A revisão do trabalho é tão importante quando a tradução, seja para um cliente direto como para uma agência de tradução. Não digo que não possa deixar passar nenhum errinho, afinal, errar é humano, mas se podemos evitá-los e apresentar um trabalho perfeito, melhor (tanto para o tradutor, como para o revisor e para o cliente).
Se tiver tempo (pois nem sempre isso é possível), ao terminar de traduzir, saia da frente do computador, beba um copo de água, faça outra coisa para distrair a mente, e depois revise o texto. Assim será mais fácil encontrar algum erro ou sotaque.
Geralmente o nosso trabalho passa pela mão de um revisor, justamente porque a pessoa que ainda não viu o texto conseguirá entender ou encontrar detalhes que o tradutor talvez não encontre. Não que este não seja capaz ou que não saiba gramática ou algo assim, mas pelo fato de já estar imerso no trabalho e o revisor ainda não ter lido o texto.
Lembre-se que qualidade não é diferencial. Qualidade é o mínimo que podemos oferecer em nosso trabalho. Logo, faça-o da melhor maneira possível!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.